sábado, 15 de dezembro de 2012

O melhor assunto do mundo

Acabámos de entrar por caminhos complicados. Há coisas que realmente não sei para que apareceram neste mundo. O demónio em forma de manteiga de cacau acabou de abater-se sobre a minha casa. A partir de Toulouse dans ma maison: Jeff de Bruges, chocolaterie. O Natal este ano, com estes chocolates, promete ser ainda mais tortuoso. Vamos analisar os pratos da balança:

“Células adiposas ou adipócitos são células que fazem parte do tecido adiposo, armazenam lípidos e regulam a temperatura corporal. Cada célula adiposa é capaz de armazenar gorduras até dez vezes o seu tamanho. Quando é ultrapassado o limite de armazenamento de uma célula adiposa é criada uma nova célula”.

O chocolate estimula a produção de endorfinas. As endorfinas são hormônios (ahahah) libertados na corrente sanguínea que causam relaxamento, prazer, bem estar e euforia, dependendo da dose.

O que é que esperam que eu vos diga perante estes dois factos antagonicocientíficos? (leiam devagar senão perdem-se). Entendam-se com este dilema se conseguirem! Oh chocolat maudi!!

E porque os olhos comem tanto ou mais que a boca aqui ficam duas fotografias, uma retirada do site e outra da embalagem que me ofereceram. A chocolataria Jeff de Bruges apresenta o seu produto desta maneira excelsa:


 
 
Já de partida descobri no site um link que diz: “ 7 bonne raisons d’aimer le chocolate” Preferi não ler, argumentos já eu tenho de sobra.

Ainda relacionado com chocolates (que prazer me está a dar escrever isto) quero deixar uma nota sobre “ChocoTelegram” Este conceito originalíssimo dá a possibilidade de enviar uma mensagem a alguém em jeito de telegrama numa barra de chocolate. As entregas são feitas em embalagem apropriada via CTT.

 Doces palavras, literalmente.

 
Consultem em: